Fashionistas apostam nos vestidos curtos com ou sem meia

O prêmio anual oferecido pelo Council of Fashion Designers of America (CFDA) e pela revistaVogue America para novos criadores ocorreu nesta semana e teve como vencedor o estilista Billy Reid, que ganhou US$ 300 mil. No evento em Nova York predominaram os vestidos, muitos deles curtos, usados com ou sem meia-calça escura.
Havia também os longos, mas como nosso verão está chegando, ainda que algumas frentes frias insistam em dar as caras, que tal ver como mulheres ligadas à moda e ao meio artístico exibiram a peça curta?
Teve até o mesmo modelito usado por duas pessoas diferentes, com acessórios também diferentes. Confira quem acertou e quem deu uma escorregada na elegância durante o prêmio de moda americano. Ah, vai uma dica: os curtíssimos ainda estão por aí, mas os comprimentos mais comportados, pelo joelho ou pouco acima, estão ganhando adeptas.

A atriz Cristina Ricci está sempre bem ajeitadinha nos eventos em que vai. Já errou em algumas proporções, mas dessa vez o vestido de renda branca sobre fundo preto e com volume nos quadris ficou bem legal com meias e sapatos pretos. O modelo também é bom para ser usado com as pernas à vista e um sapato nude

A estilista americana Nicole Miller optou por um tubinho de estampa animal de manga comprida e meias escuras. Para aliviar, o decote quadrado pronunciado até que ficou bom, sem ser vulgar 

A estilista Caroline Sieber optou por um vestido estampado com leve volume nos quadris. Usa com botinha preta peep toe. Como tem decote nas costas, é melhor não optar por meia, a menos que use uma jaquetinha junto

A atriz Leighton Meester optou por um vestido Prabal Gurung com open boot preta. Ficou um visual supercharmoso e delicado, mesmo com a cor do calçado. Claro que não cabe meia nenhuma aqui

A estilista Tory Burch apostou num drapeadíssimo vestido Vionnet estampado, com escarpim preto. Combinação ótima, mas é sempre bom lembrar que muito tecido drapeado pode aumentar a silhueta em quem não está em paz com a balança

Anna Wintour, editora da ‘Vogue America’, não poderia estar deselegante mesmo, principalmente com esta roupa Chanel seca, sem excessos, como era o estilo da criadora francesa. Preste atenção como fica bem o comprimento três quartos da manga e a saia pouco abaixo do joelho

Aerin Lauder, herdeira do grupo Ester Lauder, fundado por sua avó, optou por um vestido de um ombro só de Stella McCartney. Preferiu usar com meias pretas e escarpim. Mas a opção fica bem melhor sem meia

Não é porque Karlie Kloss é modelo que o vestido Stella McCartney está melhor nela que em Aerin Lauder. A diferença aqui é que ela optou por usar sem meias e com um sapato claro. Os óculos deram um charme a mais ao look, mas nem seria necessário

A atriz Carey Mulligan, eleita a mais elegante pela revista ‘Harper’s Bazaar’, faz jus ao título. Está deslumbrante neste vestido Chanel, com broche no decote. O sapato escuro também ficou legal, mas um mais claro alongaria ainda mais a silhueta

Philippa Fino usa um vestido de renda em preto e coral com meias escuras também. Boa combinação, porque ficou um visual equilibrado: não sobrou nem faltou em lugar nenhum

Fotos: Getty Images
POR ROSÂNGELA ESPINOSSI

Vestido e cinto são dupla inseparável no verão; veja 20 sugestões

Femininos, modernos ou esportivos, os vestidos continuam curtinhos e com a cintura marcada. Para reforçar a silhueta, o cinto aparece como acessório indispensável e ainda dá mais peso ao look. Saiba como usar a dupla e não errar com as dicas da personal stylist Debora Gelman:
- A maioria dos vestidos pede corpo enxuto, pernas firmes e cintura marcada, portanto verifique se o modelo realmente cai bem no seu corpo.
- Mulheres de silhuetas maiores devem preferir os vestidos sem muitos detalhes ou apostar nos modelos tipo tubinho que deixam qualquer mulher muito bem!
- Saias cheias de detalhes são ótimas para aumentar bumbum, e dão um ar bem jovial à produção. Cintos finos ficam ótimos para marcar a cintura. Perfeitos nos vestidos ajustados ao corpo com saias mais armadas ou godês.
- Para que as roupas com referências anos 1950 e 1960 não fiquem muito datadas, o ideal é usar sandálias mais pesadas, abotinadas. As bolsas tipo carteira estão em alta e combinam com tudo. Os sapatos e sandálias de saltos altos ficam perfeitos com as saias mais volumosas, pois alongam a silhueta.
- Os tecidos tecnológicos são a grande novidade, mas os puros e nobres como organzas, tafetás e renda continuam muito fortes. E os tons pastel, rosa-claro, bege, lilás, continuam em alta na temporada, além do laranja, vermelho e verde-pistache.
- Mulheres sem cintura devem preferir vestidos retos e soltos. As com seios fartos e magras, podem abusar do tomara que caia e de decotes. Mas devem evitar casacos curtinhos, pois realçam o volume na região.
Foto: AgNews
O cinto é tão importante no look da estilista Isabela Capeto que a fivela tem os mesmos detalhes que aparecem em outras partes do look, lançado no Fashion Rio. As cores contrastantes são uma das propostas da temporada
Foto: Getty Images
Carlos Miele “esquenta” o vestido nude com cinto dourado, o mesmo das sandálias, em look mostrado na Semana de Moda de Nova York
Foto: Getty Images
O vestido levemente ajustado na cintura da marca Christian Dior, apresentado na Semana de Moda de Paris, recebeu um cinto de corda para definir ainda mais a região. Como é fininho, não briga com o detalhe assimétrico nos ombros
Foto: Getty Images
O vestido rendado da estilista Vivienne Westwood recebeu faixa de tecido, o que modernizou o look e definiu a cintura. Pedaços de tecidos, fitas e outros materiais alternativos podem ser usados para compor os looks, como mostra a estilista inglesa na Semana de Moda de Londres

Foto: Getty Images
A coleção verão 2011 da Lanvin destaca bastante a silhueta com materiais colantes e no look, apresentado na Semana de Moda de Paris, a cintura foi ainda mais marcada com o cinto, bem ajustado. Roupas assim pedem silhuetas enxutas para que nada fique sobrando sob o tecido

Foto: Getty Images
Mesmo vestidos mais finos podem receber a companhia de cintos, como mostra look do desfile da grife Valentino, na Semana de Moda de Milão. O acessório bem fininho vem no mesmo tom da roupa e traz detalhes com pedras, também delicadas

Foto: Getty Images
O vestido da Chanel, mostrado em desfile na Semana de Moda de Paris, é feito com duas camadas estampadas nas cores da Aurora Boreal. Um cinto de couro tipo tressê nos mesmos tons completa o look

Foto: Getty Images
No desfile da Miu Miu, na Semana de Moda de Milão, o vestido que parece uma camisa e saia recebeu um cinto fininho em cor flúor para definir a cintura. Esse recurso só fica bem em mulheres bem magras, como a modelo, pois foram criadas várias faixas horizontais na silhueta com o acessório e o recorte da roupa

Foto: Getty Images
O cinto listrado e com fivela de couro deu vida ao vestido bege da marca Tommy Hilfiger, desfilado na Semana de Moda de Nova York. Repare que ele não combina exatamente com o sapato, o que é permitido

Foto: Getty Images
O vestido tipo chemise deixa aparecer o body usado por baixo. O cinto feito de tecido parece segurar as peças, além de definir a cintura no modelo. O look é da marca Tommy Hilfiger, mostrado na Semana de Moda de Nova York

Foto: Getty Images
O vestido curtinho e cheio de drapeados da Burberry ganhou ar rock com o cinto de couro largo e detalhes de correntes. Os sapatos de verniz meio abotinados deram peso ao visual e combinaram com a proposta do cinto

Foto: Getty Images
O modelo verde com brilho do estilista Matthew Williamson recebe cinto de couro marrom, o que quebra a formalidade do look, mostrado na Semana de Moda de Londres, e permite que ele circule durante o dia, por exemplo

Foto: Getty Images
O vestidinho com saia fluida e cheio de babadinhos e nervuras do estilista Elie Saab ganhou arremate de cinto feito com fita, em desfile na Semana de Moda de Paris. O detalhe delicado foi suficiente num look com tanta informação, apesar da cor suave

Foto: Getty Images
O vestido nude da marca italiana Gucci, mostrado na Semana de Moda de Milão, tem detalhes dourados na altura do peito e ainda recebeu cinto de trama metálica, dispensando assim o uso de outros acessórios além da bolsa. O casaquinho bem curtinho deve ser evitado por mulheres com seios muito grandes, pois realçam o volume na região

Foto: AgNews
O vestido com saia levemente evasê da estilista Andrea Marques, mostrado em desfile no Fashion Rio, foi combinado com cinto em tom bege que acompanha a cartela de cores da roupa. Essa é uma boa dica para não errar

Foto: AgNews
O vestido de cor clara, bojo, cintura marcada e saia com muitas camadas é bem romântico e feminino, mas ficou mais moderno com o cinto no mesmo tom do look da Espaço Fashion, mostrado no Fashion Rio

Foto: AgNews
Para não deixar dúvidas de que o vestido pede um cinto, a Cori, que desfila na São Paulo Fashion Week, colocou passantes grandes ao lado da cintura. O cinto de couro bege deixou o look menos formal, mas aqui cabem modelos metálicos ou de verniz também, além dos coloridos

Foto: AgNews
No desfile da marca Têca, no Fashion Rio, a cintura veio marcada com um cinto masculino, que recebeu um tipo de laço para combinar com o look
Foto: AgNews
O vestido da Iódice é bem ajustado ao corpo e recebeu dois cintos que definem mais a região. A sugestão, mostrada no desfile da São Paulo Fashion Week, pode ser copiada por mulheres magrinhas. As demais, podem usar um só

Foto: Getty Images
O vestido branco inspirado na camisa tem mangas bufantes e foi combinado a cinto de couro largo com fivela gigante, que lembra acessório usado no Velho Oeste norte-americano, inspiração da coleção verão da Ralph Lauren, desfilada na Semana de Moda de Nova York



POR MICHELLE ACHKAR

Christine Fernandes posa com vestidos exuberantes em Paris

Atriz foi clicada para editorial de moda em frente a pontos turísticos da capital francesa.

Christine Fernandes fez ensaio de moda inspirado nos tons vermelhos da cidade luz, Paris. A atriz posou elegante em diveros pontos turísticos da capital francesa, para a revista Estilo de novembro.

Christine Fernandes – 03/11/2010

Christine Fernandes – 03/11/2010

Christine Fernandes – 03/11/2010


Fonte: EGO

Skinbiquini renova repertório da moda praia

Nova marca de roupas de banho, Skinbiquini foge do óbvio na estamparia e apresenta trabalho cuidadoso na pesquisa de tecidos

Ramona, a estilista, é rata de praia. Chama a atenção pelo corpo tatuado, os cabelos clareados e a intensidade da energia com que fala de sua novíssima marca de moda praia, a Skinbiquini. “Resolvi fazer biquínis e maiôs porque estava cansada de não achar peças que eu gostasse de usar”, avisa. A grande sacada de Ramona está na seleção de tecidos e na estamparia. O neoprene bem fininho dá forma e molda o corpo em maiôs estruturados. As estampas de pele, feitas de um papel especial para confecção, dão às peças uma renovação imediata. A estamparia digital transfere para camisetas, biquínis e maiôs as imagens da praia de Caraíva, na Bahia, fonte de inspiração desta coleção de estreia. Romana tem a companhia de Renata Gomes na condução da marca, cujo ponto de venda é a Surface to Air dos Jardins, em São Paulo, na Alameda Lorena, 1.987. Além de maiôs, com modelagem comportada e mangas que permitem o uso também fora da praia, e biquínis, que se destacam pelas ferragens exclusivas, a coleção oferece ainda leggings (com buraquinho para colocar o salto alto), maxi túnicas, t-shirts, saias e acessórios.

Os maiôs têm modelagem comportada e podem ser usados além das areias

A estamparia digital de ‘céu’ é um dos destaques da coleção da Skinbiquini

Os biquínis têm modelagem tradicional e se diferenciam pelos materiais

Maiô com recortes da coleção de estreia da Skinbiquini

Coleção têm camisetas e estmpas que fogem do óbvio

Peças coordenadas fazem parte da coleção Skinbiquini

Atenção para o tecido com brilho, que na verdade é um papel tratado para moda praia

As cores da temporada, como o coral, também estão na coleção da Skinbiquini

Vestido da coleção ‘Jocana’, nome dado pela estilista Ramona para sua temporada verão 2011

As propostas da Skinbiquini vão além dos biquínis e maiôs

A legging tem um buraco para o salto do sapato

Vestidos de praia, para passear no calçadão, com a grife Skinbiquini

Fotos: Divulgação

Por Deborah Bresser

3 Noivas e 3 Estilos

Três noivas, três estilos: Cassia Ávila, Patricia Birman e Renata de Goeye contam como escolheram seus vestidos

Se existe um domínio em que o vaivém da moda tem influência restrita, ele se chamacasamento. A escolha do vestido de noiva passa muito mais por preferências pessoais ehistórias particulares do que por tendências mostradas nas passarelas.

Aqui, três histórias diferentes que exemplificam bem como cada noiva escolhe a peça para o chamado “grande dia” em que vão subir ao altar.

. Cassia Ávila – a noiva moderna 
A modelo e jornalista usou um vestido Reinaldo Lourenço + ankle boots Chanel (preta!!). Ela e o estilista são amigos de longa data e foram decidindo a modelagem juntos. “Eu queria umvestido curto e ele concordou. Depois, foi tudo uma conversa, fui palpitando, falando do que gostava… 

A ideia da meia-arrastão foi dele, mas a bota fui eu que escolhi! A princípio, ia usar uma sandália branca, mas não conseguia encontrar nenhuma que realmente gostasse e, depois, onde iria usá-la? Até que estava em Nova York e vi essa botinha. Tive certeza que era ela, é a minha cara, é muito fofa e depois vou usar muito!”.

Cassia casou-se com o joalheiro Jack Vartanian no dia 21 de agosto de 2010.

. Patricia Birman – visita ao armário da mãe 
A coordenadora de lojas próprias do grupo Arezzo fez uma releitura do vestido da mãe, Maria Lúcia Mascarenhas Café.  “Encontrei o vestido quando estávamos mudando de casa, me apaixonei e resolvi guardar com carinho. Quando decidi casar, não tive dúvidas, sabia que queria usá-lo como referência. 

Além disso, tinha certeza de que queria fazer o meu vestido no Brasil, para acompanhar o processo, fazer várias provas… Então, levei o vestido original para o Sandro [Barros, da Daslu]. Eu me apaixonei pelo primeiro desenho que ele fez! Abrangia tudo o que eu queria, não pedi para mudar nada, estava perfeito”. 

O resultado final foi um vestido com o mesmo conceito e com as rendas do original. Na galeria ao lado, você vê Patrícia em um ensaio fotográfico na Catedral da Sé vestindo a peça antes das alterações.

Patrícia casou-se com o empresário Mario Pedro Marcondes no dia 18 de setembro de 2010.

. Renata de Goeye – e a busca pelo vestido perfeito 
A estilista queria resolver logo o assunto “vestido”: “eu já trabalho com moda, morro de preguiça dessa função”. Decidiu, então, viajar com a irmã Fernanda (ex-Raia de Goeye) para Nova York em busca de um look da tradicional estilista de noivas Vera Wang. Mas voltou de mãos vazias. O vestido perfeito só foi encontrado quando ela já estava no Brasil depois de inúmeras trocas de emails com a equipe da Lanvin.

“[Na época], minha mãe estava em Paris e pedi para ela comprar. Recebi um ‘não’ e ainda fui chamada de louca por querer comprar o meu vestido de noiva sem experimentar!”. Para solucionar o problema, a marca francesa enviou a peça para Miami e toda a família de Renata se deslocou para lá. “Foi mãe, avó, tia, irmã… Dez mulheres para ver o vestido!”. Quando chegaram à loja, descobriram que o modelo estava errado. 

“Sai de lá completamente decepcionada. Mas [a peça certa] chegou a tempo – duas horas antes do voo de volta a São Paulo decolar! - e estava perfeito! Não precisei fazer nenhum ajuste, apena a barra. Todo mundo ficou brincando que parecíamos a van [do filme] Little Miss Sunshine rodando atrás do vestido!”.

Renata casou-se com o empresário Tonico Grisi em 28 de agosto de 2010.

Divulgação
Cássia Ávila escolheu um vestido Reinaldo Lourenço para subir ao altar com Jack Vartanian

Divulgação
A modelo e o estilista são amigos de longa data e desenharam o vestido juntos, mas quem deu a ideia da meia-calça arrastão foi ele

Divulgação

Já a ankle boot Chanel foi ideia dela!

Divulgação

Patricia Birman fez uma releitura do vestido que a mãe, Maria Lúcia Mascarenhas Café, usou quando se casou com Anderson Birman

Divulgação / Flavia Vitoria
Mas antes de desmontar o vestido da mãe, a noiva fez um ensaio fotográfico usando o modelo original

Divulgação / Flavia Vitoria
Renata de Goeye viajou até Miami para provar o vestido, da maison francesa Lanvin

Divulgação / Flavia Vitoria


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.