Chanel apresenta o "chique eterno" em Paris


É o grande show do universo da moda. Chanel se tornou o ponto máximo das coleções de Paris, sem a aparente redução de custos que parece dominar as semanas de lançamento. Basta entrar no amplo espaço do Grand Palais e se deparar com o cenário de fundo do mar todo em branco. O quê? De novo, fundo do mar, um tema já visto e revisto? Sim, mas lembrem quem fez o show: Karl Lagerfeld. E o poder, de quem? Chanel.
Portanto, vamos às maravilhas: algas, baleias, peixinhos, corais, tudo branco, a sala branca, a arquibancada em forma de onda. Começa o desfile, ao som de que? De quem? Wagner! Uau. Mal consigo me concentrar na moda. Mas vamos lá: tailleurs revisitados, com bolsos chapados, abotoados por pérolas; botinhas prateadas, de bico quadrado, vestes de tweed com traços finos pretos atravessados.
Começa o Navio Fantasma – até nisto há coerência, já que o tema é mar. Os tons nas roupas, idem: areia, azul, verde, quase tudo com brilhos líquidos ou perolados. Pérolas nos cabelos presos, saias de babados como se fossem algas, sandálias com saltos de coral branco, muitas saias e blusas de crepe pregueadas com dobras.
O tricô, tão prezado por Lagerfeld, segue a onda assimétrica, sem ser óbvio (um lado com manga, o outro, sem), é um lado com mangas em um ponto, como um meio bolero, o outro, liso. Nas mãos das modelos, bolsinha-alga e bolsa-pacote. Maiô e biquini também incluem pérolas e recortes no tecido branco.
Mais uma vez, Chanel justifica a vinda a Paris. É tão perfeito, que na manhã do show o céu amanheceu nublado e a temperatura desceu para 20 graus, fazendo com que a cidade ficasse com o visual branco, chique, de sempre.
Como Chanel, um chique eterno, que resiste ao tempo.
O biquíni branco ganhou detalhe de pérola na parte superior, combinando com o cinto que levava a bolsinha. Da Chanel
Miranda Kerr mostrou que está com tudo e abriu o desfile da Chanel na semana de moda de Paris nesta terça-feira (4)
A inspiração do desfile da Chanel foi o fundo do mar. Vestidos balonê e cores claras predominaram no desfile desta terça-feira (4)
Mangas bufantes, corpo plissado e tecido texturizado marcaram o vestido da Chanel
O cenário do desfile da Chanel explicitou a inspiração marítima para a coleção primaveril e ainda trouxe romantismo ao desfile
Karl Lagerfeld, diretor criativo da Chanel, encerrou o desfile com a presença de todas as modelos

Fotos: Getty Images
POR IESA RODRIGUES

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: